Possessed no Brasil


Possessed no Brasil
Dia: 04/07/2008 - Às: 21:00

A banda californiana de death metal Possessed chega pela primeira vez ao Brasil no início do mês de julho, para apresentações em Curitiba, São Paulo, Recife e Belo Horizonte. Devido ao seu estilo ultra-veloz e a brutalidade dos vocais, o Possessed é considerado uma importante banda na história do heavy metal por ser uma das primeiras a estabeleber a separação entre os estilos death e thrash metal. O grupo se apresenta no Brasil com o lendário frontman Jeff Becerra, responsável pelos vocais guturais nos anos em que o grupo lançou seus principais discos, realizou turnês pelos Estados Unidos e dividiu o palco com bandas como Exodus, Slayer e Venom.

Em 1989, Jeff Becerra foi vítima de um assalto e levou dois tiros, que o deixaram paralítico da cintura para baixo. No entanto, o músico não permitiu que esse incidente arruinasse sua vida: voltou a cursar a faculdade e se formou em Artes, e também graduou-se em Estudos do Trabalho pela San Francisco State University. Ele continuou sendo um membro atuante da cena metal nos Estados Unidos e, no ano passado, reativou o Possessed. A banda foi a atração principal do festival Gathering of the Bestial Legions III, em Los Angeles, e se apresentou no renomado festival Wacken Open Air, na Alemanha.

O line-up atual conta com Jeff Becerra nos vocais, acompanhado pelos instrumentistas da banda americana Sadistic Intent (Bay Cortez no baixo e vocal, os guitarristas Rick Cortez e Ernesto Bueno, e o baterista Emilio Marquez) que também fazem show como banda de abertura. Banda de death metal de Los Angeles, o Sadistic Intent conta com uma carreira que já dura 20 anos, e é muito respeitada tanto na cena underground local como na internacional, tendo realizado inúmeras turnês pelos Estados Unidos, Europa e México e dividido o palco com bandas como Suffocation, Emperor, Marduk e Immortal.



O Kazebre
Av. Aricanduva, 12.000
São Paulo - SP
www.okazebre.com

Ingressos:
1º lote - R$30,00
2º lote - R$40,00
na porta - R$50,00

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apoie o Underground ! Comente o que você achou da Matéria: