Hammer 67: Penúltima parte de entrevista é disponibilizada no Youtube


 

A banda gaúcha HAMMER 67, de Caxias do Sul, acaba de disponibilizar a penúltima parte de uma entrevista concedida ao programa "Musicaxias", da UCS FM, onde foram abordados assuntos como o processo de criação de "Mental Illness", a cena Metal caxiense, etc. A entrevista está disponibilizada em formato de vídeo no Youtube, contendo legendas em inglês, disponíveis nos links abaixo:

 

Primeira parte:

http://youtu.be/gof6sID4uAQ

 

Segunda parte:

http://youtu.be/IgCCYmUOC7o

 

Terceira parte:

http://youtu.be/lE2w36rb8xA 

 

Quarta parte:

http://youtu.be/l86b-hq4QsA

 

Formada atualmente por Niuton Paganella (vocal), Paulo Schroeber (Almah, Astafix) e Evandro Brito nas guitarras, Marcio (baixo) e Thiago Caurio (bateria), o HAMMER 67 vem divulgando "Mental Illness" e pretende fazer uma série de shows para promovê-lo. Para levar a banda até sua cidade, entre em contato através de hammer67@wargodspress.com e saiba como proceder. "Mental Illness" foi produzido através do FUMPROCULTURA, um projeto da cidade de Caxias do Sul que auxilia projetos culturais, já tendo beneficiado outras bandas de Metal, como o PREDATOR. Ao mesmo tempo em que trabalham na divulgação de seu debut, estão compondo novas músicas, visando lançar um novo trabalho, mantendo as mesmas características encontradas em "Mental Illness", porém somando novas ideias e influências.

 

O grupo também está participando do terceiro volume da coletânea online "Upcoming Hell", lançada pela revista virtual HELL DIVINE. Apresentando a música "Time to Burn", que ganhou um vídeo clipe, disponível em http://youtu.be/UX8-4e5vPFs, o HAMMER 67 é um dos grandes destaques da coletânea, ao lado de nomes como PHORNAX, FINALLY DOOMSDAY, COMANDO NUCLEAR, DECIMATOR, dentre outras. Para fazer o download, acesse o seguinte link: http://bit.ly/oyXGtV

 

Contatos:

Site: www.hammer67.com

Twitter: https://twitter.com/hammer67_metal

MySpace: www.myspace.com/hr67

Assessoria e Shows: hammer67@wargodspress.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apoie o Underground ! Comente o que você achou da Matéria: