LEAVE ME OUT: ENTREVISTA EXCLUSIVA PARA A SUNSET METAL


Com 2 EP’s lançados, a banda mineira Leave Me Out realizou uma das maiores turnês nacionais no ano de 2012, numa média de 2 shows a cada fim de semana em diferentes capitais, incluindo festivais importantes do circuito musical brasileiro como o Goiânia Noise Festival, o maior festival independente do país realizado anualmente, que conta com bandas relevantes da cena nacional.
Ainda em pique de pegar a estrada, a banda se divide entre ensaios e as gravações de seu primeiro vídeo clipe oficial e os preparativos para o full length que deve ser lançado até o mês de outubro. 2013 pra Leave Me Out começou cheio de novidades. Em conversa com idealizador e guitarrista do grupo, Victor Hugo, falamos sobre expectativas para o ano de 2013, alterações na formação, lançamentos e muitas coisas bacana que você vai conferir agora.

1 –  (SunsetMetalPress) Primeiramente eu gostaria de agradecer a você, Victor Hugo pelo tempo disponibilizado para responder às nossas perguntas e gostaria de começar falando sobre o ano de 2012. De repente, a banda deu um passo muito maior do que o esperado para um grupo até então, pouco conhecido. Em 2012, entraram para a lista dos principais nomes do rock underground nacional. Foram uma série de shows de Norte a Sul no Brasil, dois lançamentos, grandes festivais. Fale um pouco dessa experiência tão bacana de um projeto que foi idealizado por você, dando bons frutos.

Victor Hugo – LMO : Primeiramente, é um prazer conceder essa entrevista ao pessoal da Sunset Press Metal que vem nos dando muita força nessa caminhada. Então, começamos na garagem em 2009, algo bem despretensioso, só tocávamos em festas organizadas por nós mesmos e tinha como o ponto de encontro os ensaios às terças e quintas para descontrair e tomar uma boa cerveja. Aos poucos fomos evoluindo (ou não) mas aconteceu que um amigo nosso, o “Macaco”,  tinha uma república e nós querendo nos divertir nos oferecemos para poder tocar, depois disso nunca mais paramos. Passada essa fase, analisei com bons olhos se dedicar ao som autoral. Houveram algumas mudanças da primeira formação, mas eu e o Batman (guitarrista) estamos juntos nessa há quase 8 anos e com a banda formada desde março/2009.
Hoje o foco principal da banda é o som autoral, onde passamos várias horas do dia compondo e fechando os arranjos das músicas.
Eu sempre acreditei no som autoral e foi o que passei pros meus parceiros de banda desde o início. Todos os integrantes que passaram e os que estão na formação atual se dedicaram e se dedicam ao máximo, com um único propósito comum: poder passar alguma mensagem de nossa autoria para o público, seja positiva ou negativa, pois tocamos pra nos divertir, uma diversão levada a sério. Penso que toda essa entrega à  música aliada aos anos vividos e dedicados nesse meio, o que aconteceu foi o reconhecimento de um trabalho que sempre fizemos independentemente de ser aceito ou não. Acho que demos alguns passos além do que nós próprios imaginávamos, mas estamos com olhos para nossos novos projetos.

2 –  (SunsetMetalPress) Foi anunciado a pouco pela banda mais um lançamento para os próximos dias: O Mirror Of Insanity, um EP que contará com 4 faixas. Podemos considerar como uma prévia do lançamento do álbum oficial? O que você pode nos adiantar sobre esse novo EP? O formato é na mesma linha dos dois anteriores?

Victor Hugo – LMO :  A princípio a ideia era concluir a trilogia Leave Me Out e tomar um fôlego. Acontece que no fim do ano passado tivemos a ótima notícia que nosso projeto (Gravação do CD Full Leave me Out) junto à Lei de Incentivo à Cultura tinha sido aprovado junto ao Município de Uberlândia. Pois bem, estamos terminando de gravar o “Mirror of Insanity” e já estamos trabalhando as músicas do nosso CD Full e a agenda para o primeiro semestre está quase fechada. O “Mirror of Insanity” trás a banda mais madura, pesada e definindo de vez nossa identidade musical dentro de nossas características. O formato do EP será o mesmo, inclusive distribuído da forma gratuita a nossos seguidores e a quem se interessar, tanto o EP físico, como o disponível no site: https://soundcloud.com/leavemeout.

3 –  (SunsetMetalPress) Por falar em lançamento, vocês tem preparado grandes novidades para este ano. Foram anunciadas as gravações do primeiro vídeo clipe da banda no fim do ano passado. Fale para nós à respeito dessa experiência, como a banda tem trabalhado nisso. Pode adiantar alguma coisa à respeito da temática?

Victor Hugo – LMO : A temática é voltada para o eterno cabeça de papelão o eterno junkhead em sua mais verdadeira essência. A música escolhida foi “Walking Dead” do primeiro EP auto entitulado Leave me Out.

4 – (SunsetMetalPress) Voltando em 2012, a banda fez diversos shows ano passado. O ritmo pareceu bastante intenso.
Para a Leave Me Out, como tem sido a experiência da estrada, conhecer novos tipos de público, dividir o palco com outras bandas, a recepção do público?

Victor Hugo – LMO : Foi tenso e intenso, ritmo verdadeiramente frenético. Depois que você cai na estrada as coisas parecem surreais, ainda mais pra nós que não estávamos acostumados. Quanto o público, eles nos acolheram da melhor forma possível, conquistamos muitos seguidores por aí. Todos os lugares que passamos tem uma história e seu significado pra nós. No meio dos festivais dividimos palco com várias bandas brasileiras e algumas gringas e a recepção foi das melhores. Só a bagagem e experiência de conversar e dividir palco com essa galera dispensa comentários.

5 –  (SunsetMetalPress) O grupo anunciou a poucos dias a saída do Conrado, ex baixista da banda que estava no grupo desde a formação em 2009 e que permaneceu até Fevereiro de 2013. Com a saída dele, foi anunciada a entrada do Tio Bob assumindo o contra-baixo. Quem conhece o Leave Me Out sabe que a formação era estável. Como a banda encarou a saída do Conrado? Como tem sido a adaptação com o novo Tio Bob, o mais novo integrante da “família” Leave Me Out?

Victor Hugo – LMO : Porra!!! Em meados de março /2009 eu e o Conradão trabalhávamos no mesmo local e foi o cara que falei:  ”-Tira essas quatro músicas pra gente curtir! ” De início foi um baque, mas depois ele explicou pra nós os motivos de sua saída e aceitamos numa boa, até cumpriu os últimos dois compromissos que tivemos nos meses de janeiro e fevereiro. O Tio Bob é conhecido nosso há oito anos, portanto, a transição entre o Conrado e o Tio Bob foi tranquila e a banda já está apta novamente para qualquer apresentação. Desde a formação em março/2009 a banda sofreu 03 alterações. Da primeira formação somente eu e o Batman (Raphael Maldonado) guitarrista.

6 –  (SunsetMetalPress) É fato anunciado que a banda está inciando a produção do primeiro full length. Conte-nos à respeito desse trabalho e sobre as expectativas de vocês.

Victor Hugo – LMO : A previsão para conclusão do CD Full Lenght é para outubro/2013 e as músicas já estão sendo trabalhadas desde o mês passado. Estamos fechando ainda o nome do produtor e onde gravaremos, pois ainda não temos nada definido quanto a isso, nosso gestor está acertando os últimos detalhes. A arte será novamente desenvolvida por Dudu Torres, responsável pela arte dos 3 EP’s da LMO.

7 – (SunsetMetalPress) Para finalizar, eu gostaria de ceder a última questão para que fizesse suas considerações finais em nome de todos do Leave Me Out.

Victor Hugo – LMO : Em nome de todos integrantes da LMO venho aqui agradecer a todos os produtores, jornalistas, assessores, rodies, motoristas, casas de shows, seguidores e a todos que acreditaram e acreditam em nosso trabalho. Essa ano tem muito rock and roll pra nós, sem perdão.


Leave Me Out é uma banda exclusiva do cast da Sunset Metal Press, Assessoria de Imprensa para artistas da música

Links Relacionados:
www.facebook.com/bandaleavemeout
www.reverbnation.com/leavemeout
www.twitter.com/bandaleavemeout
www.soundocloud.com/leavemeout

Fonte: Sunset Metal Press

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Apoie o Underground ! Comente o que você achou da Matéria: