RATTLE: músicos falam sobre participação no 19º Palco do Rock


A banda de Thrash Death Metal baiana RATTLE se apresentou no dia 12 de fevereiro de 2013, pela segunda vez, no já tradicional Palco do Rock, evento que ocorre todo ano em Salvador, Bahia, durante o Carnaval, e que completou 19 edições este ano. A banda se encontra prestes a entrar no estúdio Revolusom para gravar seu full lenght, a ser lançado pela Shinigami Records. O guitarrista Henrique Coqueiro, o baixista Daniel Iannini e o baterista Luciano Silva falaram sobre a participação no evento e planos para o futuro.

1 - Qual foi a expectativa da banda, prestes a tocar na 19ª edição do Palco do Rock?
Luciano Silva: Expectativas são sempre boas. Em se tratando de um evento desse porte, a euforia e o senso de responsabilidade naturalmente elevam qualquer expectativa!
Daniel Iannini: Se apresentar num evento como o Palco do Rock, gera bastante expectativa. Esperávamos um ótimo evento, e foi o que aconteceu.
Henrique Coqueiro: Com certeza a expectativa era de poder mostrar todo o potencial da banda, tanto em termos de performance, quanto tecnicamente. Tínhamos em mente que deveríamos deixar tudo que tínhamos no palco, que cada integrante deveria dar o máximo de si, pois se trata de um evento importante, e, portanto uma oportunidade ímpar de mostrar nosso trabalho. Esperávamos também poder fazer chegar ao maior número possível de ouvidos as nossas novas composições.

2 – Qual o sentimento ao subir no palco? O que acharam do evento e da performance da banda?
Luciano Silva: Assim como a resposta acima, o senso de responsabilidade sempre esta presente. O evento em si é de extrema importância, sobretudo para bandas que levam a sério o que fazem, mostram resultados de muito bom gosto e dão mais atenção a trabalhos autorais.
A banda fez um show matador. Tudo de acordo com o que fora programado!
Henrique Coqueiro: Ao subir no palco com certeza o sentimento era uma mistura de ansiedade e de vontade de fazer o melhor possível para quem foi nos prestigiar. No fim das contas saímos muito satisfeitos com o evento, de forma que tudo ocorreu da melhor forma possível por parte da organização do evento, em termos de estrutura e condições para desenvolvermos nossa música. No que concerne a performance da banda, consideramos que esta foi uma de nossas melhores apresentações, levando em consideração a parte de performance com a parte técnica. Isso nos deixou ainda mais felizes, pois demonstrou que todos se prepararam como deviam e encararam essa oportunidade com muita disposição e responsabilidade, consolidando ainda mais a boa fase com a formação atual. Acho que estamos no caminho certo!

Daniel Iannini: Sabemos a responsabilidade que é fazer um show desses, por isso já estávamos preparados e bastante entrosados. O evento reuniu um excelente público, junto com uma ótima estrutura, não poderíamos deixar passar, fizemos um show com bastante energia!

3 – Qual a importância de tocar no evento para a RATTLE?
Luciano Silva: Eventos dessa proporção, como o Palco do Rock são sempre muito importantes. Divulgam o trabalho das bandas, mostram ao público novas possibilidades de diversão e música ( Rock, Metal e derivados), num estado onde o carnaval e a sua música típica reinam.
Daniel Iannini: Nós focamos nas músicas próprias, e o evento divulga bastante as músicas autorais, tem estrutura, público.
É bastante gratificante ver que o evento dá essa oportunidade as bandas.
Henrique Coqueiro: De fato foi muito importante pelo fato de poder tocar em um evento renomado, que acaba somando no currículo da banda. Além do mais, é um evento que conta com uma estrutura não muito comum de encontrarmos no circuito underground do qual fazemos parte, o que motiva qualquer músico a apresentar sua música, pois o equipamento vai ter a capacidade de refletir aquilo que é exatamente sua composição. E óbvio que é um evento que conta com um público maior, então é uma oportunidade muito boa de divulgar seu trabalho para quem ainda não conhece, uma vez que ali estão pessoas de outras cidades, estados e até países.

4 - Quais os planos imediatos da banda? O que o público pode esperar?
Luciano Silva: A RATTLE esta entrando em estúdio para dar inicio as gravações do seu primeiro cd oficial que sera lançado pelo selo paulista Shinigami Records.
Ha algumas datas a serem confirmadas e cumpridas em eventos no interior e na capital ( Salvador ).
O público vai poder conferir os resultados muito em breve!
Daniel Iannini: No momento estamos focando no nosso primeiro cd. Iniciaremos as gravações do cd que será lançado pela Shinigami records.
Com toda certeza vamos fazer um material excelente, dando atenção em todos os detalhes, desde o encarte até, claro as músicas.
Henrique Coqueiro: Agora é o momento de focar nas gravações de nosso debut! Todas as nossas energias serão agora voltadas para este processo, pois sabemos do tamanho de nossa responsabilidade, uma vez que esse material terá uma boa divulgação por conta de nossa parceria com um selo nacional renomado, o da Shinighami Records.Já está tudo engatilhado e as gravações iniciarão na metade do mês de Março. Todos poderão esperar o som característico da RATTLE, com muita energia, velocidade aliada à uma dose de técnica. Podem se certificar que esse material saíra com muita alma, pois representa muito mais do que um full lenght, é, antes de tudo, a realização de um sonho.

RATTLE - Thrash Death Metal

For more info:


Um comentário:

Apoie o Underground ! Comente o que você achou da Matéria: